MAIS FM
MAIS TV

Alison é ouro na Diamond League da Polônia e segue invicto este ano


Alison dos Santos segue invicto em 2022. Neste sábado (6), na província da Silésia (Polônia), o brasileiro, recém-coroado campeão mundial nos 400m com barreiras, venceu mais uma etapa da Diamond League (Liga Diamante), principal competição do circuito mundial de atletismo. Piu, como Alison também é conhecido, completou a prova em 47s80, o melhor tempo da história nesta etapa. A vitória no Leste Europeu foi a quinta em etapas do circuito mundial nesta temporada. O brasileiro,  bronze na Olimpíada de Tóquio no ano passado, ainda não foi derrotado nesta prova em 2022.

Neste sábado, Alison não teve ao seu lado os principais adversários. Tanto o norueguês Karsten Warholm – campeão olímpico e recordista mundial – quanto os americanos Rai Benjamin e Trevor Bassit, que completaram o pódio do mundial de Eugene, nos Estados Unidos, em julho, ficaram de fora da etapa polonesa, a nona do circuito. Com isso, mesmo correndo mais de um segundo acima da marca que lhe deu o ouro no mês passado (46s29), ele subiu ao lugar mais alto do pódio mais uma vez, sem maiores desafios.

A prata ficou com o americano Khallifah Rosser, com o tempo de 48s30 e o bronze foi para o francês Wilfried Happio, que correu em 48s74.

A Diamond League só volta a ter disputas nos 400 metros com barreiras masculino na 12ª etapa, em Bruxelas, na Bélgica, marcada para começar em 2 de setembro.





Agência EBC

Inter perde nas penalidades máximas e se despede da Sul-Americana
[ad_1] Após empatar novamente sem gols com o Melgar (Peru), desta vez em pleno Beira
Agosto Dourado é celebrado em Anápolis com incentivo ao aleitamento e doação | Notícias | Saúde
[ad_1] Atividades são promovidas durante o mês pelo Banco de Leite Humano e a Atenção
NBA vai aposentar camisa nº 6 para homenagear Bill Russell
[ad_1] A NBA e Associação de Jogadores da NBA (NBPA) anunciaram nesta quinta-feira (11) que
Decreto autoriza relicitação do Aeroporto Internacional do Galeão
[ad_1] Decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (11) autorizou a continuidade do processo de
1 2 563 564