MAIS FM
MAIS TV

Conselho regulamenta biomédicos na suplementação alimentar


Uma nova resolução do Conselho Federal de Biomedicina (CFBM) regulamenta as condições para que biomédicos possam assumir a responsabilidade técnica de empresas que produzem e comercializam suplementos alimentares.

Além de devidamente registrados no conselho, os profissionais deverão ter habilitação em análises clínicas ou bromatológicas ou, ainda, em fisiologia do esporte e da prática do exercício físico.

A Resolução nº 348 do CFBM também autoriza que biomédicos habilitados em acupuntura; biomedicina estética ou em fisiologia do esporte e da prática do exercício físico prescrevam suplementos alimentares, desde que estes sejam isentos de orientação e da obrigatoriedade de prescrição médica.

Definição

O texto da resolução lembra que suplementos alimentares não são considerados medicamentos e não têm finalidade de prevenir, tratar ou curar doenças, destinando-se a “suplementar a alimentação de indivíduos saudáveis com nutrientes, substâncias bioativas, enzimas ou probióticos, isolados ou combinados”.

Por definição, o biomédico é o profissional responsável por identificar, classificar e estudar os microrganismos causadores de enfermidades; realizar exames diagnósticos; desenvolver medicamentos e produzir vacinas, entre outras funções.



Agência EBC

Inter perde nas penalidades máximas e se despede da Sul-Americana
[ad_1] Após empatar novamente sem gols com o Melgar (Peru), desta vez em pleno Beira
Agosto Dourado é celebrado em Anápolis com incentivo ao aleitamento e doação | Notícias | Saúde
[ad_1] Atividades são promovidas durante o mês pelo Banco de Leite Humano e a Atenção
NBA vai aposentar camisa nº 6 para homenagear Bill Russell
[ad_1] A NBA e Associação de Jogadores da NBA (NBPA) anunciaram nesta quinta-feira (11) que
Decreto autoriza relicitação do Aeroporto Internacional do Galeão
[ad_1] Decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (11) autorizou a continuidade do processo de
1 2 563 564