MAIS FM
MAIS TV

Finalistas da Liga dos Campeões se apresentam à seleção


A seleção brasileira se prepara em Seul para o amistoso da próxima quinta-feira (2) contra a Coreia do Sul. Nesta terça-feira (31) o técnico Tite passou a contar com cinco jogadores que disputaram a final da Liga dos Campeões no último sábado (28) em Paris: Casemiro, Rodrygo, Vinicius Junior, Fabinho e Alisson.

Já o zagueiro Éder Militão, do Real Madrid (Espanha), não teve o embarque autorizado nesta terça após ter um teste inconclusivo para o novo coronavírus (covid-19). Horas depois ele repetiu o exame e se juntará à equipe brasileira na próxima quarta-feira (1).

Uma notícia negativa desta terça foram as dores que o goleiro Éderson sentiu na coxa esquerda durante o treinamento. Exames indicaram uma lesão muscular que impedem o jogador do Manchester City (Inglaterra) de participar tanto da partida contra a Coreia do Sul como a diante do Japão.

Quem também apresentou dores musculares, mas ainda permanece em observação, foi o zagueiro Gabriel Magalhães, do Arsenal (Inglaterra). Ele foi poupado das atividades por causa de problema na coxa esquerda e será reavaliado.

O Brasil enfrenta a Coreia do Sul a partir das 8h (horário de Brasília) da próxima quinta no Estádio da Copa do Mundo de Seul. Depois a equipe comandada pelo técnico Tite mede forças com o Japão, a partir das 7h20 da próxima segunda (6), no Estádio Nacional de Tóquio.





Source link

Rafael Matos fatura ATP de Mallorca, seu 3º título de duplas este ano
[ad_1] O tenista gaúcho Rafael Matos conquistou neste sábado (25) o título de duplas do
Ministro entrega unidade da primeira Maternidade Municipal de Aracaju
[ad_1] Em visita neste sábado (25) a Aracaju (SE), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, entregou a estrutura da primeira
Tragédia de Mariana: Justiça suspende exigências impostas a atingidos
[ad_1] O desembargador José Amilcar Machado, presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1),
Campinas terá hospital para cirurgias de cabeça e pescoço
[ad_1] Construído com recursos de uma indenização pública milionária, o Instituto de Otorrinolaringologia & Cirurgia
1 2 385 386