Gomide cobra realização de concursos e posicionamento sobre OSs de Secretária de Educação

Em reunião da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa realizada na tarde desta segunda-feira (1º), a secretária de Educação do Governo de Goiás, Fátima Gavioli, visitou os deputados presentes e respondeu a questionamentos sobre as ações da pasta nestes quase 90 dias de gestão.

Arguida pelo deputado Antônio Gomide sobre a necessidade da realização de concursos públicos, a titular da Educação anunciou que a realização de certames não é uma decisão política, mas sim uma necessidade da secretaria.

“Haverá concursos públicos para todos os anos a partir de agora. Precisa ter concurso em 2020 e 2021. Todos os governos terão de prever concursos. Não se governa na Educação por intermédio de processos seletivos para temporários. Temos de ter concursos para pedagogos”, disse a secretária.

Outro questionamento de Antônio Gomide foi quanto a instalação do sistema de Organização Social nas escolas goianas. “Governo anterior insistiu que fossem criadas as OSs na Educação. Nós defendemos a escola pública, gratuita e de qualidade. Este tema está sepultado ou ele tem algum andamento no seu governo?”, perguntou o parlamentar.

Gavioli concordou com Gomide e se postou contrária a terceirização da Educação. “Eu preciso acreditar que meus profissionais são capazes de gerir a Educação de Goiás. Não posso entregar isto a empresas. Enquanto eu estiver na Secretaria, o assunto OS está suspenso. Tivemos uma conversa em comum acordo com o governador”, disse.

Read Previous

Edição Nº61 – 03/04/2019

Read Next

Gomide apresenta PEC que prevê pagamento dos salários dentro do mês trabalhado

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *