MAIS FM
MAIS TV

Invasores da terra Xipaia foram afastados, diz ministro da Justiça


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, afirmou neste sábado (16), por meio das redes sociais, que reação rápida do governo federal afastou os invasores que estariam realizando garimpo ilegal na Reserva Extrativista do Iriri e na Terra Indígena Xipaia. Ainda não há informações sobre o grupo que tentava atuar no local.

“Rápida reação do @JusticaGovBR e do @mmeioambiente afastou os invasores da terra Xipaia no Pará, ontem (15)”, afirmou o ministro.

Participam da ação a Polícia Federal, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Força Nacional, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Fundação Nacional do Índio (Funai). Os órgãos mantêm trabalhos ostensivos na região de Itaituba, Altamira, Novo Progresso e São Félix do Xingu, no estado do Pará, no contexto da operação Guardiões do Bioma.

Denúncia

Em vídeo divulgado nas redes sociais, a cacica Juma Xipaia relatou que uma balsa de garimpo ilegal teria descido o Rio Iriri em direção à reserva. Os ataques de garimpeiros teriam ocorrido na quinta-feira (14).

“Guerreiros das outras aldeias estão descendo com o objetivo de tentar um diálogo, para que eles [os invasores] saiam do território, mas nós estamos com medo”, relatou a líder.

O território Xipaia possui cerca de 179 mil hectares de extensão e fica localizado a 400 km da sede do município de Altamira, no sudoeste do Pará. As aldeias localizadas em sua zona de abrangência abrigam cerca de 200 pessoas.



Agência EBC

Rafael Matos fatura ATP de Mallorca, seu 3º título de duplas este ano
[ad_1] O tenista gaúcho Rafael Matos conquistou neste sábado (25) o título de duplas do
Ministro entrega unidade da primeira Maternidade Municipal de Aracaju
[ad_1] Em visita neste sábado (25) a Aracaju (SE), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, entregou a estrutura da primeira
Tragédia de Mariana: Justiça suspende exigências impostas a atingidos
[ad_1] O desembargador José Amilcar Machado, presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1),
Campinas terá hospital para cirurgias de cabeça e pescoço
[ad_1] Construído com recursos de uma indenização pública milionária, o Instituto de Otorrinolaringologia & Cirurgia
1 2 385 386