MAIS FM
MAIS TV

MAPA e Galeria Antônio Sibasolly abrem duas mostras neste fim de semana | Notícias | Cultura


“Hospitalidade – exposições individuais simultâneas” e “Desenhos/Ruínas” são parte do calendário de artes visuais de Anápolis em 2022

Neste sábado, 9, abrem para visitação gratuita as mostras “Hospitalidade – exposições individuais simultâneas”, às 17 horas, no Museu de Artes Plásticas de Anápolis (MAPA), e “Desenhos/Ruínas”, às 19 horas, na Galeria Antônio Sibasolly. As duas unidades de referência artística que recebem as exposições são da Prefeitura de Anápolis, sob gestão da Secretaria Municipal de Integração Social, Esportes e Cultura.

“Com essas duas mostras, sentimos a vibração destes dois aparelhos funcionando juntos, o que tem angariado a Anápolis uma referência nacional nas artes visuais, pela circulação intensa e a qualidade das exposições”, explica a secretária municipal de Integração Social, Esporte e Cultura, Andrea Lins. Uma das mostras é o resultado de uma residência artística e a outra, uma investigação sobre as ruínas arquitetônicas.

Casa
A exposição “Hospitalidade – exposições individuais simultâneas” é fruto de uma residência artística realizada em Olhos D’Água, distrito de Alexânia, Goiás, em 2018. A dona da residência e curadora desta exposição é Suyan Matos. A produção selecionada é dos artistas Rafael da Escóssia e Sofia Ramos, do Distrito Federal, e Carlos Monaretta e Danillo Butas, de Goiânia.

“São desenhos, pinturas, fotografias, objetos e instalações com as leituras de cada um dos quatro artistas sobre a experiência nesta estadia artística”, comenta o curador de artes visuais da Diretoria de Cultura, Paulo Henrique, sobre as vinte obras, que ficarão expostas até 27 de maio.

Ruínas
O foco da mostra “Desenhos/Ruínas” são as demolições urbanas em seu gesto subjetivo de brutalidade na destruição das formas e no trabalho técnico e humano neste processo de desmonte, em um recorte temporal entre 2007 e 2017. “A obsessão por ruínas e demolições me conduziram às investigações em edificações arquitetônicas, entre o estado de desocupação e a iminência da sua destruição”, explica o artista e autor das obras, Glayson Arcanjo. A exposição conta com 40 obras entre fotografias e desenhos sobre papéis e parede. A exposição acontece até o dia 20 de abril.

Além das duas mostras, continua aberta ao público no Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia, “Conversas: resistência e convergência”, com o acervo do MAPA, até 29 de abril. “Neste contexto, contamos com um intercâmbio intenso no qual recebemos obras e artistas referência no País, como também difundimos o nosso acervo”, aponta a diretora de Cultura, Nabyla Carneiro.

Serviço

  • Mostra Desenhos/Ruínas
    Abertura: dia 9 de abril, às 17 horas
    Visitação: até 20 de maio de 2022 – De segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 17h.
    Local: Museu de Artes Plásticas de Anápolis (MAPA) – Rua Tonico de Pina, Praça Americano do Brasil, Setor Central
  • Hospitalidade – exposições individuais simultâneas
    Abertura: dia 9 de abril, às 19 horas
    Visitação: até 27 de maio de 2022 – De segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 17h.
    Local: Galeria de Artes Antônio Sibasolly – Praça Bom Jesus, nº 15, Setor Central, Anápolis /GO.
  • Exposição “Conversas: resistência e convergência”
    Visitação: até 29 de abril de 2022
    Horário de visitação: terça a sexta, das 9h às 17h; sábado, domingo e feriado, 10h às 17h.
    Local: Museu de Arte Contemporânea de Goiás – Centro Cultural Oscar Niemayer – Av. Deputado Jamel Cecílio, Km 1 – Goiânia.



Prefeitura de Anapolis

Geladeiras devem exibir hoje nova etiqueta de eficiência energética
[ad_1] A partir de hoje (1º), todos os refrigeradores que chegarem ao comércio brasileiro, fabricados nacionalmente ou
1 2 411 412